1 de abr de 2006

Sem Fio de Ariadna

Este pretende ser um projecto sem fronteiras, um projecto global em tempos de globalização do homem e não da economia.
Aqui o global é a visão, a justiça e a justeza das acções na procura dos trilhos e dos caminhos.
Entende-se que:




Se nos procurarem entre gentes errantes,
Encontrar-nos-ão, mesmo emigrantes.
Não fará falta o fio de Ariadna quando o trilho é certo,
Se transformarmos o muito longe em algo aqui tão perto.
Félix Rodrigues